Mitos e Verdades

Produção de Conteúdos: Mitos e Verdades

Produção de Conteúdos: Mitos e Verdades

Se você escolheu desenvolver cursos, acabará mergulhando na produção de conteúdos. Por isso sabemos que não há como fugir dos mitos e verdades que cercam a produção de conteúdos.

Existem mitos sobre produção de conteúdo e que mais parecem verdades. Portanto, também, existem algumas verdades que tenho certeza que você vai duvidar.

Então me diga: mito ou verdade?

1º) Produzir conteúdo, conteúdo e mais conteúdo… e produzir ainda mais

2º) Compartilhamentos, curtidas, seguidores e mais curtidas, são receita de sucesso

E aí?! Aposto que você pensou que o segundo é verdade.

Afinal o que sempre esperamos são exatamente: compartilhamentos, curtidas e seguidores… nada disso pode ser medida exclusiva de sucesso. A verdade é que quanto mais conteúdo você produzir, mais continuará a produzir… e seguirá produzindo.

Aí vai uma dica: você vai criar várias alternativas para produzir seus conteúdos, só não vale fugir da pesquisa, do inventário, da revisão e do foco na qualidade.

Produzir conteúdo é fácil, desde que se saiba o caminho.

Caso contrário, você será pego por mais de um mito, acreditando que é verdade. E, se você não está acostumado a escrever, produzir conexões entre ideias, pesquisar conteúdos para uma boa curadoria…. Fique duplamente atento.

Então vamos lá! Produção de conteúdos: Mitos e Verdades.

MITO 1: Postar aleatoriamente conteúdos nas redes sociais é uma estratégia.

Nem pensar. Postar aleatoriamente é como dar tiro no escuro. Não se sabe onde pode acertar.

E com isso, nada vai acontecer. Você não consegue gerar engajamento, nem conexão com seu público-alvo. Postar aleatoriamente é simplesmente apostar em algo incerto, duvidoso e sem metas definidas.

Sua produção e distribuição de conteúdos deve partir de uma estratégia definitiva. Desenhar um percurso que possa gerar resultados de engajamento. Ações com metas e objetivos, para que você possa construir métricas do engajamento dos seus conteúdos.

MITO 2: Compartilhamentos, curtidas e seguidores são receita de sucesso

Já falei que compartilhamento, seguidores, curtidas… nada disso indica sucesso. Aliás. qual é a sua medida de sucesso? Talvez aí esteja a grande diferença nos seus resultados de engajamento.

tablete sobre a mesa com imagens de dados de redes sociais: seguidores, curtidas, likes, comentários
Curtidas e Seguidores

O que você determina para ser sua medida de sucesso? Se você combinar estratégias de compartilhamento, seguidores, curtidas e comentários, você pode construir métricas de seu alcance e envolvimento. A questão é que número de seguidores, compartilhamentos, e curtidas não indicam que a pessoa realmente leu o que estava escrito.

Qual métrica realmente vale?

Se combinarmos estas métricas com os comentários, você pode ter acesso ao que um seguidor leu do seu conteúdo e se aquilo fez sentido para ele. Nem sempre, hoje já temos alguns sistemas automatizados que postam comentários também aleatórios do tipo “adorei suas postagens, passa lá no seu canal e veja as minhas também”.

O certo é que nenhuma estratégia sobrevive ao campo de batalha. Temos que estar sempre atualizando e buscando novas alternativas.

MITO 3: Terceirizar a criação de conteúdo é ruim para você e para a empresa

Tudo depende de como você vai encontrar maneiras para delegar a produção de conteúdos e manter a qualidade. Os resultados decorrentes da produção de conteúdos não é definitivamente ter quantidade de conteúdos para postagens.

Não é nada de errado em terceirizar criação de conteúdo. O que importa é que seja feita a identificação do conteúdo produzido com seu perfil. Você pode trazer posts convidados, pode trazer colaboradores, pode trazer parceiros que produzam conteúdos relevantes para o seu público.

O problema está em contratar produção de conteúdo

Lembrando que esse conteúdo virá com sua assinatura. Como seus seguidores e sua audiência vão saber que é você? Como saber que a sua identidade e o seu posicionamento estão presentes no conteúdo que você está produzindo? Aí sim é a grande sacada.

Está disposto a arriscar? Penso que antes de fazer uma contratação definitiva, faça um teste, alinhe com o produtor. Existem muitos Ghost Writers que realmente fazem essa escrita fantasma perfeita.

Produzir conteúdo é sempre um desafio.

Principalmente quando falamos em produzir para outras pessoas. Não há problema em terceirizar. O problema está em você não checar as fontes, a profundidade da abordagem do tema, a consistência e coerência do conteúdo produzido.

#FICAADICA. Quero que você produza muito! Conteúdo de qualidade que esteja alinhado com o perfil do seu público ideal.

MITO 4: Automatização de Marketing de conteúdo é excelente ideia

Você pode até automatizar sequências de postagens. Automatizar a distribuição inicial de conteúdos dentro do seu funil de e-mails. Agora… as estratégias de produção de conteúdos, montagem de agenda editorial, estratégias de abordagens nas redes sociais não são automatizáveis.

Você deve primar por manter consistência, coerência e coesão na construção dos materiais. Deve seguir a sua identidade e posicionamento construídos. Trazer seus jargões, sua forma de falar e de escrever. Não será uma combinação mecânica de palavras que conseguirá esse efeito.

Sei que os avanços têm sido gigantescos quando falamos de inteligência artificial, mas acredito que não seja este o seu caso. Fique atento, porque a automatização aplicada ao marketing de conteúdo pode desconectar sua audiência.

MITO 5: Você deve replicar o mesmo conteúdo nos seus diferentes canais

Nem pensar! Se as redes sociais fossem todas iguais, existiria apenas uma. Pensa comigo: para que tantas redes para postar o mesmo conteúdo?

Concorda?! Cada rede social tem um objetivo específico e atende a públicos determinados. Essa talvez seja a principal característica de uma rede social. Você poder segmentar o conteúdo e o público que terá acesso àquele conteúdo.

Então não vem com essa de só replicar conteúdo, que você vai acabar dando com os burros n’água.

Microfone de mesa, com fones de ouvido sobre um caderno a frente de um computador com um software de edição de áudio na tela.
Faça conteúdos autênticos

A 1ª parte da produção de conteúdos: mitos e verdades está completa.

Espero que você tenha derrubado cada um dos mitos. Agora tenho certeza que você quer saber das VERDADES! Enfim, algumas dessas verdades nos passam totalmente despercebidas…

VERDADE 1: Conteúdo, Conteúdo e ainda mais Conteúdo

Se você está começando agora, já vou te avisando: você vai produzir muito conteúdo. Seja conteúdo gratuito, conteúdo pago, conteúdo personalizado, conteúdo objetivo, conteúdo direcionado… E, ainda, conteúdos que serão usados como recompensa para atração, conteúdos para dentro dos seus cursos, conteúdos para despertar interesse e levar à ação.

E como se não bastasse, você ainda vai produzir conteúdo para o seu público e conteúdos para as diferentes personas. Certamente quanto mais conteúdo, maior engajamento, conexão e interesse por você e sua forma de abordagem, você irá despertar.

 Lembrando que não é qualquer conteúdo

Não funciona disparar conteúdo para qualquer lado. Seu objetivo é produzir conteúdo com consistência, coerência, foco, determinação, objetividade e clareza na comunicação. Deve estar conectado com a proposta do seu curso, com os temas centrais e a abordagem com a qual você trabalha. Concluindo… ser considerado pela sua persona como CONTEÚDO DE VALOR. Quer mais?  

Como fazer essa produção sem ser repetitivo e se perder.

Por ter que produzir grande quantidade de conteúdos, você deve focar em formatos diferentes e mídias diversas. Seja conteúdo em vídeo, em áudio, em texto ou em elementos gráficos, qualquer mídia é bem vinda.

E quanto aos formatos, você descobrirá que existe uma enorme diversidade: artigo para blog, textos de discussão, vídeo de conteúdos, videoaulas, audiobook, podcast, e-book, infográficos, diagramas, audiopost, píluas de conhecimento, checklist, perguntas e respostas, quiz, templates, planilhas, mapas mentais, mapas conceituais, entre tantos outros.

#FICAADICA – Procure, sempre que possível, ferramentas para produção de conteúdos gratuitas.

VERDADE  2 – Conteúdo FRESCO tem valor

É sempre bom ter conteúdo “saindo do forno”. Trazer conteúdo novo que gere conexão com sua persona. Posso dizer, com segurança, que seu conteúdo tem valor nas seguintes formas:

  • Responde às perguntas dos seus clientes, especialmente suas dúvidas sobre produtos e serviços que você oferece;
  • Fornece informações sobre o seu negócio, gerenciando informações sobre o que você faz, sua entrega, enfatizando qual é a sua praia;
  • Define a sua marca, o tipo de conteúdo e como você aborda os temas;
  • Pode fazer da sua marca um patrimônio com o passar do tempo;
  • Crie engajamento, envolva os leitores, gere comentários e compartilhamentos.

VERDADE 3 – Seus segredos atraem mais que qualquer conteúdo que você possa produzir

Ao revelar seus segredos, você conquista a atenção, desperta o interesse e curiosidade. Gera confiança e respeito com sua persona. Afinal você acaba por criar relacionamento, porque ela sabe o seu segredo.

Revelar seus segredos torna você vulnerável diante da sua persona. Enfim é o “seu como fazer” que conquista sua persona.

O que torna você atraente para seu potencial cliente é o seu diferencial. Esse diferencial está nos seus segredos. Portanto eles mostram muito sobre quem você é.

VERDADE 4 – Sempre temos uma história para contar

O Storytelling é a base de todo engajamento. Porque qualquer forma de conexão passa por uma história. Da mesma forma, nós contamos histórias o tempo todo.

Não necessariamente todas as histórias que contamos são reais. São e devem ser possíveis de acontecerem na vida real. Assim como os cases que trazemos para apresentar as práticas e levar nosso conhecimento para a prática.

imagem de um microfone e um fone de ouvido com um cartaz escrito novo episódio do podcast
Podcast

VERDADE 5 – Utilize várias métricas para analisar o resultado das suas produções

 Já vimos que curtidas e seguidores podem ser métricas falsas. Afinal, não necessariamente as pessoas que te seguem e curtem seus conteúdos são pessoas que correspondem ao perfil da sua persona.

As métricas são um dos ponto que nos leva a questionar a produção de conteúdos: mitos e verdades.

Afinal nem tudo o que parece ser, realmente é.

Na realidade, você precisa de pessoas que estejam tão engajadas que vão comprar qualquer coisa de você. Bem, não qualquer coisa, porque eu acredito que você tem responsabilidade e compromisso com seu cliente ideal. É aí que estão as métricas de conversão. Por fim, quanto maior a conversão, mais engajadas estão as pessoas que seguem você estão.

Assim como é esse comprometimento que vai fazer a diferença na hora que você for entregar o seu conteúdo e fizer sua venda.  Logo, depende de uma entrega consistente de conteúdo, seja no seu curso online, seja no infoproduto, seja no seu serviço a ser prestado.

Qual a chave do comprometimento?

Conteúdo você tem para todo lado, basta você saber fazer a costura perfeita.

Costurar o tema. Costurar com os interesses da sua Persona. Costurar com o momento atual da sua venda, ou do que você está divulgando em público. Costurar com as suas ações. Por fim, costurar com seu posicionamento.

Portanto seja coerente, consistente, traga referências e estabeleça conexões com sua forma de abordagem. Assim sua costura ficará perfeita.

Vamos lá!

Agora que você já consegue identificar na produção de conteúdos: mitos e verdades, estou esperando para você me contar como você produz o seu conteúdo.

Qual é o seu foco?  Fazer a formação de Conteudista EaD ou trabalhar estratégias para sua Produção de conteúdos em geral? Fica de olho nas datas da Oficina de Produção de Conteúdos